Início Institucional Pesquisa Membros Disciplinas Seleção Contato

Disciplinas



DISCIPLINAS POR LINHA

DISCIPLINAS POR SEMESTRE



Eventos


Calendário Acadêmico 2017/1


DISCIPLINAS POR LINHA DE PESQUISA
PIE00052 - História da Ciência e Evolução do Método Científico (turma A)

A-   A  A+

Súmula:

1.Da pré-história às primeiras civilizações. 2. Sumérios, babilônios, egípcios 3. Grécia Antiga. A Filosofia naturalista. Principais escolas filosóficas. Os pré-socráticos. 4. Roma. A Idade Média. O nascimento das universidades. 5. O Renascimento. 6. Galileu e Bacon. O método científico. 7. Newton e a Mecânica Newtoniana. 8. A Revolução Tecnológica. 9. A Física Quântica. 10. Piaget, Popper e outras teorias da aprendizagem. O estado da arte da ciência. 11. Neuroeducação.

Objetivos:
1. Fazer com que os alunos tenham uma visão panorâmica de como a ciência, o método científico e as teorias de ensino/aprendizagem evoluíram e contextualizar as suas pesquisas. 2. Desenvolverem raciocínio crítico para avaliarem trabalhos de pesquisa na área de ensino/aprendizagem. 3. Desenvolver uma visão Inter e Transdisciplinar do seu objeto de estudo e das possíveis práticas que irão desenvolver.

Programa (conteúdo):
1. Da pré-história às primeiras civilizações. O domínio do fogo e suas implicações tecnoógicas. O surgimento das primeiras cidades.
2. Sumérios, babilônios, egípcios. Antiga astronomia. A Matemática.
3. Grécia Antiga. A Filosofia naturalista. Principais escolas filosóficas. Os pré-socráticos. Sócrates, Platão e Aristóteles.
4. Roma. O desenvolvimento tecnológico de Roma.
5. A Idade Média. O nascimento das universidades.
6. O Renascimento.
7. Galileu e Bacon. O método científico.
8. Newton e a Mecânica Newtoniana.
9. A Revolução Industrial. As máquinas. A Revolução Industrial. Darwin e a Teoria da Evolução. A Física Moderna e o surgimento da radioatividade. A Teoria Quântica. As duas Grandes Guerras. Rádio, TV e satélites. Karl Popper e a crítica ao método científico. Kant: a Estrutura das Revoluções Científicas.
10. A revolução da computação: a teoria da Informação.
11. Daniel Dennett e a filosofia mediada por computadores. Pierre Levy e a compatibilidade ergonômica entre o pensamento humano e os hipertextos.
12. Os modelos computacionais do funcionamento da mente: Steven Pinker.
13. A interface entre a filosofia da mente e a inteligência artificial (Marvin Minsky).
14. Os territórios epistemológicos híbridos da educação contemporânea (ciência, tecnologia e filosofia).
15. Piaget, Popper. Teorias da aprendizagem. O estado da arte da ciência.
16. Neuroeducação. A visão interdisciplinar para explicar o processo ensino/aprendizagem de maneira interdisciplinar e mais abrangente.

Método de trabalho (principais atividades):
1. Livros
2. Vídeos
3. As ferramentas midiáticas
4. Discussão de livros, filmes, situações propostas pelo professor, temas de teses
5. Participação via EAD de professor convidados

Procedimentos e/ou critérios de avaliação:
Trabalhos individuais e atividades de grupo sugeridas pelo professor



Bibliografia sugerida:

1. Livros diversos (a serem apresentados em função do tema de cada aula)
2. Revistas: Mente e cérebro, Cálculo, Superinteressante, Galileu, Scientific American, Discovery
3. Filmes: 2001, A Guerra do Fogo, Cosmos, Os filósofos (4 DVDs), DaVinci, Agonia e Êxtase, Giordano Bruno e outros (a serem apresentados em aula).
4. História da Ciência, 4 vols., Colin Ronan. 2002.
5. História da Educação e da pedagogia, Maria L. A. Aranha, Ed. Moderna, 2008.
6. Introdução à Teoria da Ciência, Luis H. de A. Dutra, Ed. Da UFSC, 2003.
7. Filosofia: novas respostas para antigas questões. Ed. Jorge Zahar, 2005.
8. A Estrutura das Revoluções Científicas, E. Kant.
9. Conjecturas e Refutações: Karl Popper
10. A Essência da Realidade, David Deutch, Ed. ,2000.
11. TIMM, M. I. . Filosofia e ciências: o encontro das paralelas na pós-modernidade. Redes (Santa Cruz do Sul), Santa Cruz do Sul, v. 05, p. 227-246, 2000.
12. TIMM, M. I. computador neural que identifica objetivos e estratégias para obtê-los (resenha do livro Como a Mente Funciona, de Steven Pinker). In: XI Ciclo de Palestras sobre Novas Tecnologias na Educação, 2005, Porto Alegre. 1.
13. RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação , v.3, n.2, Novembro/2005. (acesso em http://www.cinted.ufrgs.br/renote/nov2005/artigosrenote/a78_resenha.pdf)
14. TIMM, M. I. ; ROCHA, A. C. B. ; SCHNAID, F. ; ZARO, M. A. ; CHIARAMONTE, M. . A virada computacional da filosofia e sua influência na pesquisa educacional. Ciências & Cognição (UFRJ), v. Vol 11, p. 02-20, 2007. SCHNAID, F. (Org.) ; ZARO, M. A. (Org.) ;
15. TIMM, M. I. (Org.) . Ensino de engenharia: do positivismo à construção das mudanças para o século XXI. 1. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2006. v. 1. 200 p.
16. TIMM, M. I. . The emotion machine, Marvin Minsky (resenha). In: XI Ciclo de Palestras sobre Novas Tecnologias na Educação, 2008, Porto Alegre. RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação - http://www.cinted.ufrgs.br/renote/jul2008/index.html - ISSN 1679191, 2008. v. V6 N1.
17. Filmes:
A Guerra do Fogo; 2001 Uma Odisséia no Espaço; O Dia Seguinte; Jonnhy Mnemonic; Agonia e Êxtase; Em nome de Deus ( a História de Abelardo e Eloísa); DVDs diversos didáticos sobre, Roma/Grécia, Idade Média e Renascimento, Ramon y Cajal, Leonardo da Vinci, Sócrates, etc.., DaVinci, Galilei, Descartes, Einstein.


Professor responsável: Milton Antonio Zaro

Linha de pesquisa: Paradigmas para a Pesquisa sobre o Ensino Científico e Tecnológico

Natureza: Eletiva

Carga horária: 60

Créditos: 4




Início |  Institucional |  Pesquisa |  Membros |  Disciplinas |  Seleção |  Contato


Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Paulo Gama, 110 - prédio 12105 - 3º andar sala 332
90040-060 - Porto Alegre (RS) - Brasil
Fone/Fax: (0xx51) 3308-3986
secretaria@pgie.ufrgs.br
Twitter: @pgieufrgs